‘Vitorino Nemésio, 40 Anos Depois’ no CCB

O Centro Cultural de Belém, em Lisboa, organiza, a 10 de Março (sábado), o Dia Literário “Vitorino Nemésio, 40 Anos Depois”, evento que decorrerá das 15h às 17h, na Sala Sophia de Mello Breyner Andresen, com o seguinte programa:

15:00: Apresentação por António Valdemar
15:50: Leitura de poemas por Maria Luiza Costa
16:05: Apresentação por Luis Fagundes Duarte
16:50: Leitura de poemas por Maria Luiza Costa

«Poeta, escritor e professor universitário, Vitorino Nemésio (1901-1978) nasceu com o século XX e acompanhou quase todo o século nas suas múltiplas transformações culturais, políticas e sociais.
Em Março de 2018 completam-se 40 anos sobre a sua morte. O Centro Cultural de Belém vai recordar esta efeméride no dia 10.
A problemática açoriana dominou grande parte da criação literária de Nemésio, embora se ocupasse de outros temas relacionados com a Europa e, muito em especial, o Brasil.
Deixou quatro livros de ficção, onze de poesia e, ainda, mais dezassete volumes constituídos por aquilo que, genericamente, denominou «história, critica e viagens». De todos os títulos, porém, o que teve maior renome nacional e internacional foi o Mau Tempo no Canal (1944).
Além do Mau Tempo no Canal, Vitorino Nemésio afirmou- se como poeta, nomeadamente em: La Voyelle Promise (1935); O Bicho Harmonioso (1938); Eu, Comovido a Oeste (1940); Nem Toda a Noite a Vida (1953); O Verbo e a Morte (1959); Canto de Véspera (1966); Sapateia Açoriana (1976). »

Fonte: ‘Vitorino Nemésio, 40 Anos Depois’ no CCB

Article written by Carlos Ferreira

Formador em TI, criou a WEBNUCLEO, uma micro empresa com perfil de consultora na área da gestão e publicação de conteúdos web. Acumula experiência e conhecimento na implementação de soluções com plataformas como o WordPress, Joomla, Open Journal System e Open Monograph Press.

Be the first to comment

Deixar uma resposta