Racismo, ações afirmativas e memória: entre corpos e instituições

Seminário – 4 de outubro de 2018, 10h00

Racismo, ações afirmativas e memória: entre corpos e instituições

José Eustáquio de Brito; Rodrigo Ednilson de Jesus; Shirley Aparecida de Miranda

A partir de diferentes olhares para a realidade brasileira, o seminário dedica-se a debater a relação entre racismo, ações afirmativas e memória nos quadros sociais e institucionais da siciedade contemporânea.

Programa

10:30 | Mundo do trabalho e Ações Afirmativas: a reforma trabalhista em curso no Brasil e as desigualdades raciais. (José Eustáquio de Brito – UEMG)

14:30 | Sessão 2: Trajetórias de estudantes cotistas negros(as): ações afirmativas, continuidade acadêmica e mundo do trabalho (Rodrigo Ednilson de Jesus – UFMG)

15:30 | Sessão 3: Memória e reconhecimento na educação intercultural do povo indígena Xakriabá (Shirley Aparecida de Miranda – UFMG)

16:30 Comentário por Bruno Sena Martins e Debate

Organização: Programa de Doutoramento “Human Rights in Compemporary Societies” e Projeto CES/UC – UFMG -Interculturalidade e relações étnico-raciais: saberes, territorialidades, culturas

Fonte: Racismo, ações afirmativas e memória: entre corpos e instituições

Article written by Carlos Ferreira

Formador em TI, criou a WEBNUCLEO, uma micro empresa com perfil de consultora na área da gestão e publicação de conteúdos web. Acumula experiência e conhecimento na implementação de soluções com plataformas como o WordPress, Joomla, Open Journal System e Open Monograph Press.

Be the first to comment

Deixar uma resposta