skip to Main Content

Multilinguismo na Comunicação Científica

Multilinguismo Na Comunicação Científica

Recomendações a serem adoptadas por promotores de políticas públicas, líderes, universidades, instituições de investigação, institutos públicos de financiamento, bibliotecas e investigadores.

Iniciativa de Helsínquia sobre o Multilinguismo na Comunicação Científica

A investigação é internacional. É assim que a apreciamos! O multilinguismo mantém viva a investigação relevante a nível local. Proteja-o! Disseminar resultados de investigação na sua própria língua cria impacto. Apoie a sua língua! É vital interagir com a sociedade e partilhar conhecimento que vai para além da academia. Promova essa iniciativa! A infra-estrutura de comunicação académica nas línguas nacionais é frágil. Não a deixe desaparecer!

Os signatários da Helsinki Initiative on Multilingualism in Scholarly Communication apoiam as seguintes recomendações a serem adoptadas por promotores de políticas públicas, líderes, universidades, instituições de investigação, institutos públicos de financiamento, bibliotecas e investigadores.

1. Apoiar a disseminação dos resultados da investigação para o total benefício da sociedade.

Certificar-se de que os investigadores são reconhecidos por disseminar os resultados de investigação para além da academia e por interagir com o património, a cultura e a sociedade.
Certificar-se de que o acesso ao conhecimento é fornecido de igual modo em várias línguas.

2. Proteger as infra-estruturas nacionais que publicam investigação relevante a nível local.

Certificar-se de que revistas sem fins lucrativos e editores de livros têm os recursos suficientes e o suporte necessário para manter altos padrões de controlo de qualidade e integridade na investigação.
Certificar-se de que revistas nacionais e editores de livros são salvaguardados na transição para o acesso aberto.

3. Promover a diversidade linguística em sistemas de avaliação e financiamento de investigação.

Certificar-se de que, no processo de avaliação baseada em especialistas, a investigação de alta qualidade é valorizada independentemente da língua de publicação ou do canal de publicação.
Certificar-se de que, quando os sistemas baseados em métricas são utilizados, são devidamente consideradas as publicações de revistas e livros em todas as línguas.

A Helsinki Initiative on Multilingualism in Scholarly Communication foi elaborada pela Federation of Finnish Learned Societies (TSV), o Committee for Public Information (TJNK), a Finnish Association for Scholarly Publishing, a Universities Norway (UHR) e a Acção COST “European Network for Research Evaluation in the Social Sciences and the Humanities” (ENRESSH).

A campanha “Em todas as línguas” é uma chamada de atenção para promotores de políticas públicas, líderes, universidades, instituições de investigação, institutos públicos de financiamento, bibliotecas e investigadores para promover o multilinguismo na comunicação científica. Pode participar colocando uma entrada (“post”) no Twitter ou no Facebook com uma declaração ou um vídeo de sua autoria ou dos seus colegas de apoio ao multilinguismo na comunicação cientítica. Claro que o pode fazer #InAllLanguages

Deixar uma resposta

Back To Top