skip to Main Content

micro narrativas digitais na macro narrativa da guerra ao terrorismo

Micro Narrativas Digitais Na Macro Narrativa Da Guerra Ao Terrorismo


Comentários: Inês Amaral (FLUC/CECS-UMinho) e Cristiano Gianolla (CES)



Resumo

As redes sociais online conferem um espaço de partilha de narrativas na primeira pessoa, permitindo que grupos subalternizados possam dar conta das suas póprias histórias e trajetórias, expressar identidades e horizontes políticos e superar a invisibilidade e/ou alteridade securitizada às quais não raras vezes as estruturas e narrativas dominantes os remetem. Se a produção, validação e disseminação de narrativas resulta de uma prática discursiva, esses discursos são de igual forma acompanhados por uma materialidade que lhe dá forma e delimita o seu poder de ação e mobilização políticas. Tendo como enquadramento implícito ou explícito a narrativa macro da “guerra contra o terrorismo”, as representações no espaço mediático europeu dos migrantes/refugiados/as que desde a Primavera Árabe têm chegado à Europa têm sido tendencialmente negativas e acompanhadas amiúde de práticas de desinformação. Neste contexto, as redes sociais online abrem um espaço único para que as micro narrativas de migrantes/refugiados/as possam expressar a sua voz e subjetividades sem intermediários.  Esta apresentação pretende analisar criticamente o potencial contra-hegemónico da agency digital destes grupos subalternizados, considerando a materialidade da esfera digital (software e hardware) e o poder constitutivo da macro narrativa da “guerra contra o terrorismo”.

Notas biográficas

Sofia José Santos é investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra onde lidera como Investigadora Principal o projeto DeCodeM, e integra a equipa dos projetos DeOthering, EquiX e PARENT. É doutorada em Relações Internacionais pela Universidade de Coimbra e tem um diploma de estudos avançados em Ciências da Comunicação pelo ISCTE-IUL, onde está a prosseguir atualmente um segundo doutoramento na área dos Novos Media, Redes Sociais e Tecnologia.


Inês Amaral é Professora Associada da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e Investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (UMinho). Os seus interesses de investigação são audências, movimentos sociais, redes sociais, Lusofonia, literacia mediática, inclusão digital e envelhecimento ativo. Atualmente é integra a equipa de investigação do  projeto DecoDeM.

Em Inglés


Cristiano Gianolla é investigador Post-doc no Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra. Os seus interesses de pesquisa estão na interseção dos estudos interculturais, democráticos e pós-coloniais. Atualmente integra a equipe de pesquisa do projeto ECHOES (H2020) e integrou a equipe de pesquisa do projeto ALICE (ERC 2011-2016).

Fonte: micro narrativas digitais na macro narrativa da guerra ao terrorismo

Deixar uma resposta

Back To Top