skip to Main Content

Golpe de estado na Bolívia

Golpe De Estado Na Bolívia

Resumo


A 10 de novembro de 2019 a Bolívia sofreu um golpe de Estado. Impulsionadas pelos protestos da direita conservadora, e legitimadas por um comunicado da Organização dos Estados Americanos (OEA), as forças armadas e policiais obrigaram o presidente Evo Morales e o vice-presidente, Garcia Linera, a abandonar os seus cargos e pedir asilo no México. entretanto, o governo interino, usurpador, foi reconhecido por Brasil, Estados Unidos e UE. Este Golpe encerra 13 anos de políticas progressistas na Bolívia e trouxe de volta antigos fantasmas de repressão, genocídio, colonialismo e extremismo religioso.

Neste seminário procuraremos discutir, cruzando de várias perspetivas, as origens coloniais, económicas e políticas deste golpe, no contexto amplo das lutas progressistas da América Latina.

Atividade no âmbito dos Programas de Doutoramento ‘Human Rights in Contemporary Societies’ e ‘Pós-Colonialismos e Cidadania Global

Fonte: Golpe de estado na Bolívia

Deixar uma resposta

Back To Top