skip to Main Content

Empresas recuperadas no Brasil

Empresas Recuperadas No Brasil

Apresentação


As empresas recuperadas por trabalhadores representam na América Latina uma saída para o alto índice de desemprego gerado pelo modelo neoliberal e ao mesmo tempo são experimentações longevas de autogestão. O que essas práticas nos ensinam sobre alternativas ao modo hegemônico de organização do trabalho? Que métodos de pesquisa e extensão podem ser utilizados pra sistematizar e potencializar essas práticas? No livro “Dialética da Autogestão em Empresas Recuperadas por Trabalhadores no Brasil”, fruto de 5 anos de pesquisa e extensão, temos algumas pistas sobre essas questões desenvolvidas no campo do que temos chamado de engenharia popular e julgamos importante promover o diálogo com os casos surgidos na Europa a partir da crise de 2008 e com a proposta das epistemologias do sul.

 


Nota biográfica

Flávio Chedid Henriques tem graduação e mestrado em Engenharia de Produção (Coppe/UFRJ) e doutorado em Planejamento Urbano e Regional (Ippur/UFRJ). É pesquisador-extensionista do Soltec/UFRJ desde 2004 e, atualmente, Diretor de Extensão do Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social (Nides/UFRJ), Coordenador geral do Núcleo de Solidariedade Técnica (SOLTEC/UFRJ) e docente do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia para o Desenvolvimento Social. É organizador do livro Economia Solidária na América Latina: realidades nacionais e políticas públicas (2011); do livro Tecnologia, Participação e Território (Editora UFRJ, 2015); do livro Tecnologia para o Desenvolvimento Social – Diálogos Nides (2018) e do livro Dialética da Autogestão em Empresas Recuperadas por Trabalhadores no Brasil (2019). É co-autor do livro Empresas Recuperadas por Trabalhadores no Brasil (Multifoco, 2013) e autor do livro Autogestão em Empresas Recuperadas por Trabalhadores: Brasil e Argentina (Editora Insular, 2016). Atua no campo da Economia Solidária com estudos sobre Organização do Trabalho e Autogestão.

 


Atividade no âmbito do ECOSOL-CES

 

Fonte: Empresas recuperadas no Brasil

Deixar uma resposta

Back To Top