open source tools, software and platforms for scholar-led approaches to open acces


OA Resources

Conferência de Patrícia Lino | Materialidades da Literatura

No próximo dia 11 de dezembro de 2018, pelas 11h00, tem lugar no Instituto de Estudos Brasileiros (5º piso, FLUC) a conferência de Patrícia Lino “Auto-crítica e voo: O experimentalismo de Ferreira Gullar”. Patrícia Lino ensina na Universidade da Califórnia, Santa Barbara, onde se doutorou em Literatura Brasileira. Publicou e apresentou ensaios, artigos e ilustrações sobre diversos autores(as) e organizou vários colóquios e conferências em Portugal, no Brasil e nos Estados Unidos. Tem vindo a dedicar-se ao estudo da relação entre poesia e imagem no contexto da poesia brasileira contemporânea. Esta iniciativa é uma organização do Programa de Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura e do Instituto de Estudos Brasileiros da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

O movimento de Poesia Concreta e os(as) integrantes do Poema/processo devem o experimentalismo e, sobretudo, a exploração da tridimensionalidade a Ferreira Gullar, cujo projeto intersemiótico — nem sempre ao nível da qualidade dos objetos de Augusto de Campos ou Wlademir Dias-Pino —, introduziu práticas inéditas no contexto das vanguardas do séc. XX brasileiro. A partir do questionamento modernista do livro e da entrada do poema e teoria concretos na vida cultural brasileira, proponho a leitura de volumes e objetos como Poemas (1958), os livros-poema (1958-59) ou O Poema Enterrado (1959) com vista à compreensão de trabalhos e conceitos propostos imediatamente a seguir e com evidente repercussão até aos dias de hoje.

Fonte: Conferência de Patrícia Lino | Materialidades da Literatura

Article written by Carlos Ferreira

Formador em TI, criou a WEBNUCLEO, uma micro empresa com perfil de consultora na área da gestão e publicação de conteúdos web. Acumula experiência e conhecimento na implementação de soluções com plataformas como o WordPress, Joomla, Open Journal System e Open Monograph Press.

Be the first to comment

Deixar uma resposta