skip to Main Content

Comunismos e dissidências políticas

Comunismos E Dissidências Políticas

Apresentação


No pensamento social contemporâneo e no movimento operário internacional, a ideia de comunismo e a grande esperança trazida pela revolução russa de 1917 singrou, enquanto utopia e enquanto praxis política, entre acesas querelas e infindas polémicas, semeando dissensões, guerras verbais, sectarismos profundos e irreconciliáveis diferenciações. Diferentes modelos societais, concepções organizativas, culturas políticas desenvolveram-se como ramos distintos de uma árvore de um tronco comum, autonomizando-se e cristalizando.

Na história global do comunismo é de comunismos a que com propriedade nos reportamos. Na turbulência do mundo contemporâneo, na vertigem dos grandes acontecimentos e dos grandes processos sociais e políticos, trotskistas, luxemburguistas, estalinistas e neo-estalinistas, maoístas, leninistas de diferentes matizes, marxistas revolucionários enfrentaram-se desde meados do seculo XIX, disputando hegemonias e configurando, em escalas diferentes e de modo formal ou informal, redes internacionais de acção política.

O Colóquio pretende constituir um espaço de apresentação de trabalhos e debate, a partir de diferentes experiências históricas, de diferentes quadros conjunturais e em âmbitos tendencialmente globalizantes.


As propostas de comunicação devem ser enviadas para o email comunismosdissidencias@gmail.com e incluir:

Título;

Nome e filiação do autor;

Resumo (max. 500 palavras);

Palavras-chave: 3 a 5 palavras-chave;

CV resumido do autor (max. 250 palavras)


Calendário:

• Até 15 julho – Submissão de propostas

• Até 7 setembro – Comunicação de resultados

• Até 27 setembro – Divulgação do programa

• 7 e 8 novembro – Colóquio


Línguas: português, francês, espanhol e inglês

E-mail: comunismosdissidencias@gmail.com


Organização:

Ana Sofia Ferreira (IHC/NOVA)

Cristina Clímaco (LER/Paris 8)

João Madeira (IHC/NOVA)

Susana Martins (CES/UC)


 

Fonte: Comunismos e dissidências políticas

Deixar uma resposta

Back To Top