Ciclo de Conferências “As Décadas da Europa”

Portugal atravessou, durante as três primeiras décadas de adesão ao projeto europeu, uma das mais profundas restruturações da sua História longa de nove séculos. O encerramento do ciclo imperial, os primeiros dez anos depois da revolução, em que num processo de trial and error experimentou vários modelos de organização da sociedade, conduziram, por opção largamente sufragada pelos partidos com assento parlamentar, ao pedido de adesão às então Comunidades Europeias, atual União Europeia.

No seguimento do Ciclo “Memórias da Adesão”, o Instituto de História Contemporânea, em parceria com a Sociedade de Geografia de Lisboa, a Representação da Comissão Europeia e a Gabinete do Chefe do Estado-Maior da Armada e da Autoridade Marítima Nacional, organizam, em 2018, o Ciclo de Conferências “As Décadas da Europa”. O objetivo é o de efetuar o registo histórico das primeiras três décadas de participação plena nesta aventura coletiva e a forma como transformou profundamente a sociedade portuguesa. Para tal foram convidados vários protagonistas dessas décadas, nas quais se incluem Aníbal Cavaco Silva, Isabel Mota, António Vitorino, Carlos Costa, José Manuel Durão Barroso e Carlos Moedas.

Deste Ciclo, a realizar de janeiro a novembro de 2018, às quintas-feiras, das 17h às 19h, resultará edição de um livro, a publicar em 2019.

A primeira palestra será proferida pelo antigo Primeiro-ministro, Aníbal Cavaco Silva, sobre “as grandes transformações estruturais na primeira década”, no próximo dia 18 de janeiro, às 17 horas, na Sociedade de Geografia.

Junte-se ao debate e venha conhecer a História de Portugal na União Europeia!

Consulte o programa

Fonte: Ciclo de Conferências “As Décadas da Europa” — Universidade Nova de Lisboa

Article written by Carlos Ferreira

Formador em TI, criou a WEBNUCLEO, uma micro empresa com perfil de consultora na área da gestão e publicação de conteúdos web. Acumula experiência e conhecimento na implementação de soluções com plataformas como o WordPress, Joomla, Open Journal System e Open Monograph Press.

Be the first to comment

Deixar uma resposta