Participe no Humanidades Digitais.

Se desejar pode submeter aqui um artigo quer seja original ou com ligação para outro website.

Chamada da Digital Humanities Quarterly para número especial em português

Com o propósito de difundir o trabalho das Humanidades Digitais em português para nosso público, convidamos você a participar em um número especial da revista Digital Humanities Quarterly. Este número é o terceiro de uma série programada em diferentes idiomas ou práticas regionais. A data limite para a apresentação de artigos é 1 de março 2018.

Os artigos devem ser apresentados em português, e devem respeitar uma extensão máxima de 25 páginas, com espaço 2 (exceto notas e citações recuadas), usando as normas de publicação da revista DHQ (https://tinyurl.com/ya6qwy6m). O artigo deverá ser enviado, respeitando tais normas, ao endereço de e-mail dhq.portugues@gmail.com com o assunto “DHQ Número Especial HD”. Os trabalhos poderão ser individuais ou em co-autoria.

DHQ é uma revista acadêmica digital de acesso aberto e revisada por pares que aborda o uso e a crítica dos meios digitais em humanidades. Publicada desde 2007 pela Aliança de Organizações de Humanidades Digitais (ADHO), DHQ é também um experimento comunitário na publicação de revistas, dando acolhida a publicações digitais experimentais. Para obter mais informações acerca de DHQ, visite nossa página de informação.

Os trabalhos serão avaliados respeitando-se um processo de revisão anônima por pares. A tarefa será executada por um comitê interdisciplinar formado por especialistas das diferentes áreas envolvidas. Para aqueles trabalhos que forem aprovados e não possam ser publicados por razões de espaço, serão oferecidas outras opções de publicação, se os autores assim desejarem.

Serão especialmente valorizados:

  • A contribuição ao conhecimento em humanidades.
  • A originalidade do trabalho apresentado.
  • A contribuição metodológica do artigo, para além de uma simples descrição de projeto.
  • O rigor no respeito às normas editoriais.
  • A utilização de padrões e o conhecimento dos precedentes próprios das Humanidades Digitais.

Fonte: DHQ.

Article written by Gonçalo Cordeiro

Fundador da Ideia, uma empresa que tem por atividade a consultoria e gestão no campo da cultura, e a investigação em relação com os países de língua portuguesa.

Be the first to comment

Deixar uma resposta