Participe no Humanidades Digitais.

Se desejar pode submeter aqui um artigo quer seja original ou com ligação para outro website.

CES ajuda a mudar Política de Desenvolvimento Regional no Brasil

Resultados de projeto sobre a especialização inteligente em Pernambuco apresentados em Brasília

O Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra participou na Conferência de Lançamento da Ação «Oportunidades e Desafios à Aplicação do Enfoque de Especializações Inteligentes – RIS3 ao Contexto Regional do Brasil». Organizado pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), o evento decorreu no dia 16 de novembro na sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em Brasília, e integrou, entre outros, representantes da Presidência da República do Brasil, Governo federal, governos estaduais, entidades de C&T, empresas inovadoras e Comissão Europeia.

No Brasil, a Agenda 2030 confere atenção redobrada ao potencial das capacidades científicas, tecnológicas e de inovação como mecanismo para alavancar formas mais sustentáveis de consumo e produção. A Estratégia Brasileira de Ciência, Tecnologia e Inovação (ENCTI) 2016-2019 sublinha igualmente o contributo para a geração de empregos qualificados, para o combate à pobreza e desigualdade social. Ao encontro dessas orientações, o novo quadro de referência da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) do Brasil pretende dar à C&T e inovação um papel mais central utilizando o referencial das estratégias de especialização inteligente (RIS3). As RIS3 foram desenvolvidas nos últimos anos em todas as regiões da União Europeia, uma vez que constituem uma condicionalidade ex ante para o acesso aos fundos estruturais e de investimento europeus no período 2014-2020.

O investigador do CES Hugo Pinto efetuou a apresentação dos resultados finais do projeto RIS3-PE – Sistemas Regionais de Inovação no Estado de Pernambuco (fase 2), a primeira experiência-piloto de formulação de uma estratégia de especialização inteligente no Brasil. Esta iniciativa está a ter grande atenção dos responsáveis pelo planeamento regional no Brasil, como forma de auxiliar a adaptação ao contexto brasileiro de teorias e práticas RIS3 na formulação de políticas regionais de inovação.

Para além de Hugo Pinto, intervieram como oradores convidados os especialistas Javier Gomez (JRC Sevilla – Comissão Europeia), Cristiano Cagnin (CGEE – Centro de Gestão e Estudos Estratégicos), Lúcia Melo (Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco), Paulo Pitanga (Ministério da Integração Nacional, Paulo Egler e Neantro Saavedra-Rivano (IBICT). Participou ainda Dominique Foray, Professor do Ecole Polytechnique Fédérale de Lausanne, considerado o criador do conceito de especialização inteligente.

O projeto de investigação RIS3-PE é financiado pela Comissão Europeia – DG Regio.

Fonte: CES ajuda a mudar Política de Desenvolvimento Regional no Brasil

Article written by Carlos Ferreira

Formador em TI, criou a WEBNUCLEO, uma micro empresa com perfil de consultora na área da gestão e publicação de conteúdos web. Acumula experiência e conhecimento na implementação de soluções com plataformas como o WordPress, Joomla, Open Journal System e Open Monograph Press.

Be the first to comment

Deixar uma resposta