skip to Main Content

Centro de Estudos Sociais integra consórcio europeu para analisar a diversidade de género na infância

Centro De Estudos Sociais Integra Consórcio Europeu Para Analisar A Diversidade De Género Na Infância


No mês em que é assinalado o Dia Mundial de Combate ao Bullying, tem início no Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra o projeto DaC – Diversity and Childhood: transformar atitudes face à diversidade de género na infância no contexto europeu, com o objetivo duplo de prevenir e combater a discriminação e a violência vivida por crianças e jovens LGBTQI+.

Ao longo dos próximos dois anos, o primeiro projeto a fazer um diagnóstico em profundidade de situações de discriminação que vitimam crianças e adolescentes LGBTQI+ em Portugal, irá propor simultaneamente um pacote formativo e de recursos pedagógicos a serem implementados à escala europeia nas áreas da escola, da saúde, das famílias, dos média e do espaço público.


Numa altura em que se encontra em desenvolvimento o programa «Portugal + Igual», inserido na Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação 2018-2030 aprovada pelo Governo de Portugal – que identifica a Igualdade e a Não Discriminação como condição para a construção de um futuro sustentável para o país –, este projeto de investigação reveste-se, assim, de uma importância significativa no auxílio à persecução desses objetivos.


Financiado pela Comissão Europeia até 2021, trata-se de um Consórcio Europeu de Investigação que envolve 9 países, com um orçamento global de 660 mil euros,  que prevê o desenvolvimento de um conjunto de medidas de investigação-ação participada, nomeadamente, um mapeamento de necessidades, a realização de ações de formação dirigidas a profissionais de educação e de saúde, jornalistas, agentes de autoridade, assistentes sociais e famílias, e a criação de materiais didáticos.


Nesse sentido, o CES (com um orçamento específico atribuído de 69 mil euros) junta-se à Universidade de Girona (instituição coordenadora), Universidade Autónoma de Barcelona (Espanha), Universidade de Ljubljana (Eslovénia) e às instituições pelos direitos de pessoas LGBTI Çavaria (Bélgica), Sociedade Hátter (Hungria), KMOP (Grécia), Lambda Varsóvia (Polónia), Associação Nacional de Direitos LGBT – LGL (Lituânia) e Zagreb Pride (Croácia).


Em Portugal a equipa de investigação inclui Ana Cristina Santos (Coord.), Mafalda Esteves (Cocoord.) e Alexandra Santos, e conta com o apoio do Ministério da Educação e da associação de jovens LGBTI rede exaequo.


 

Fonte: Centro de Estudos Sociais integra consórcio europeu para analisar a diversidade de género na infância

Deixar uma resposta

Back To Top